As palmilhas utilizadas pela Osteopatia Postural tem a função de recalibração , permitindo uma correção suave e permanente do sistema postural. Elas corrigem os distúrbios causativos e adaptativos (em alguns casos os pés são a causa de alguma disfunção corporal, já e em outros casos os pés se adaptaram a uma disfunção corporal).

A palmilha utilizada por nós é fina e flexível (fácil de se adaptar em qualquer calçado, inclusive em chinelos e sandalhas). É projetada e montada de forma exclusiva para cada paciente após avaliação rigorosa de todas as alterações podais e posturais existentes, já que pés e posturas diferentes exigem palmilhas diferentes ( em muitos casos as palmilhas direita e esquerda da mesma pessoa devem ser diferentes).

O que algumas pessoas não sabem é que em muitos casos, o desalinhamento postural é causado por uma pisada inadequada. Por exemplo, pés pronados geram aumento das curvaturas da coluna (aumento das lordoses lombar e cervical e aumento da cifose torácica). Se um pé for mais pronado do que o outro, pode gerar uma ¨perna curta falsa¨e/ou uma anteriorização de um dos ossos ilíaco e consequentemente bloqueio e dor na região sacro-iliaca.

Nosso objetivo está sempre voltado para as alterações que os pés estão gerando no restante do corpo e não apenas na maneira que o paciente pisa.

Os elementos de correção são colocados jamais passam de 3mm de altura.

Justificativa: a planta dos pés é rica em “sensores”. Estes são responsáveis por informar o Sistema Nervoso Central a respeito das condições externas e do posicionamento dos pés. Qualquer pressão superior a 3mm causa uma cegueira desses sensores. Isso fará com que os ajustes necessários não sejam realizados pelo corpo. E desta forma, palmilhas com relevos maiores do que 3mm farão com que o pé e a postura se deformem cada vez mais.

Durante 1 ano de tratamento, o paciente retorna em média a cada 2 meses ao consultório para que seja avaliado a resposta postural ao uso das palmilhas e aos exercícios prescritos para os olhos e musculatura da mordida. Algumas vezes é necessário adaptar a palmilha (incluir ou retirar elementos) e isso é feito rapidamente na palmilha já adquirida pelo paciente sem custo adicional.

Um tratamento bem sucedido (quando existe a cooperação do paciente a respeito do uso das palmilhas e da execução dos exercícios prescritos) tem duração de 1 ano. Após este período, o paciente escolhe entre continuar com o uso das palmilhas ou realizar desmame das mesmas.

Tem interesse ou quer mais informações? Fale conosco